Porque os sonhos não são coisas para guardar na gaveta

Muito se fala sobre a busca dos sonhos, que eles são o combustível da alma e que impulsionam nossas vidas. Mas o que nós de fato fazemos para transformarmos nossos sonhos em realidade? Porque não basta sonhar, é preciso algo mais. É preciso mover-nos em direção a eles, fazer a nossa parte para que o universo possa conspirar a nosso favor. E é esta continuidade, este fazer algo de que se trata o projeto Kids on the Road.

Tudo começou em 2011, quando Dimitri tinha 7 meses e Layla 7 anos, e saímos em uma expedição cultural por 50 cidades do Brasil, Argentina e Uruguai, durante quase cinco meses de viagem. Ali nasceu o projeto Família a Bordo e com ele nasceu um sonho, o sonho de viajar o mundo inteiro. Dimi cresceu na estrada e se apegou a tudo que tenha motor. Layla se encantou com a possibilidade de conhecer tantos lugares novos e fazer amigos de diferentes nacionalidades. 

Quatro anos depois, com três edições desse projeto realizadas, passando por mais de 100 cidades em 8 países, os sonhos de ambos se fortalecem e a cada dia eles aprendem a importância de lutar por eles. Após uma fase difícil com o término do Família a Bordo e a separação dos pais, Layla e Dimi continuam querendo conhecer o mundo, fazer amizades e viver em um motorhome. Então, por que não dar continuidade a estes sonhos? Assim nasce o projeto Kids on the Road, porque independente dos obstáculos da vida, não podemos nos acomodar, deixar os sonhos para depois e guardá-los em uma gaveta enquanto vemos a vida passar diante de nossos olhos. Temos que seguir lutando por eles, fazendo o que amamos e amando o que fazemos

Celebramos aqui um novo começo, convidamos a todos a nos acompanharem nesta nova aventura e desejamos um final de ano cheio de renovações e um 2016 repleto de sonhos realizados


0 comentários:

Enviar um comentário